Aprenda a desenhar mangá com professores online 24 hrs!
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Análise - Hetalia: Axis Powers

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
FenixMarine
Moderador

Moderador

Animes Preferidos :
  • Dragon Ball
  • Cavaleiro dos Zoodiaco

Trofeus : :0 /:0 /:0 /
Mensagens : 4
Pontos : 11
Ninja Helper Level : 1
Data de inscrição : 26/04/2013

MensagemAssunto: Análise - Hetalia: Axis Powers   Sab Maio 04, 2013 5:56 pm

Hetalia: Axis Powers

Hetalia: Axis Powers é uma web comic (tiras criadas para serem lidas na internet) em 2006 por Hidekaz Himaruya, mais tarde, em 2008 sendo adaptada para os mangá e depois aos animes. Aqui nesta postagem, falarei mais do anime, pois não li os mangás em função da dificuldade de ter acesso a eles traduzidos para português. Estou ciente da existência de OVA's, mas considero esses, casos a parte, logo irei apenas citá-los.
Os episódios de Hetalia são de um caráter non-sense, mudando os focos principais da história constantemente, sendo assim, não é necessário assistir os episódios em ordem se quiser entender o que se passa no universo de Hetalia com algumas exceções. Os episódios possuem uma duração de 5 minutos exatos, incluindo abertura e encerramento, há quem questione que a curta duração dos episódios é um fator negativo para a série, mas, devido a inconsistência dos fatos e o carisma do anime, não são necessários episódios muito compridos, até por que isso poderia confundir muita gente.
O foco histórico principal do anime é a segunda guerra mundial, logo, a maioria dos acontecimentos se passa nesse período de 1940 e 1945, no entanto, isso não é obrigatório, pode retratar fatos ou mais antigos ou mais atuais num mesmo episódio inclusive, e muito dessa troca de temporizações serve para ensinar o espectador sobre a história e cultura dos países em épocas diferentes, o que pode em parte classificar Hetalia como um anime educativo.
Os personagens do anime são os mais carismáticos o possível, fazendo que quem está assistindo até se esqueça em alguns momentos que os personagens (os quais são versões estereotipadas das pessoas de cada país e levando o nome do mesmo) estão representado um país, por exemplo, você pode até não gostar da política russa, mas as chances de você adorar o personagem são altíssimas. Já que falei dos personagens, irei falar sobre eles

Itália (podendo ser chamado de Veneziano ou Itália Veneziano):

Itália é o protagonista principal do anime (tendo em mente que são 3 protagonistas, sendo os 3 os integrantes do Eixo na 2ª guerra mundial) possui um destaque tão superior aos outros que o animes leva seu nome misturado com uma palavra japonesa que reflete sua personalidade, Hetalia, é a junção da palavras Itália e Hetare (do japonês: inútil). Como acabou de ser dito, o Itália é taxado de inútil por praticamente todos os outros personagens do animes, inclusive o Alemanha (já chego na relação), pois é o aquele que nunca faz o menor esforço para ajudar ou ao menos deixar de atrapalhar, se rende antes mesmo de qualquer embate com outros personagens e tem medo de todos os que o desafiam, é aficionado por massas e dizem que é um bom amante tal qual diz a fama dos italianos. O Itália possui um irmão que faz aparições muito raras no anime: Itália Romano, que possui uma personalidade completamente oposta a de Veneziano, sendo rude e enérgico a maior parte das vezes, mas constantemente se mostra o mesmo inútil que o irmão, ele está sempre importunando todos ao seu redor com ofensas e indiretas, principalmente o Alemanha, que nem ao menos leva a sério essas ofensas. Como dito anteriormente, O Alemanha considera o Itália sim um inútil, no entanto, é o único capaz de suportar as besteiras do Itália e resolvê-las, um considera o outro seu melhor amigo, e o Alemanha como único amigo, o que explica seu comportamento de suporte ao Itália
O Itália também é o protagonista da sub série dentro do anime; Chibitália, a qual retrata Itália na sua infância na casa do Áustria, e onde todos pensavam que ele fosse uma menina. Um fato curioso e que eu sinceramente não compreendo sobre o Itália, é que ele sempre é retratado de olhos fechados. Na versão japonesa, seu dublador é Daisuke Namikawa e Todd Haberkorn na americana. De acordo com o criador do anime, o nome real do Itália é Feliciano Vargas.

Alemanha:
Já que fora tão citado no Texto do Itália, nada mais justo do que falar sobre ele agora. Alemanha é como o Vegeta de Hetália, é o segundo personagem principal, hostil no começo mas com o tempo e com um melhor conhecimento dele, acabamos vendo seu verdadeiro "eu". O Alemanha possui uma personalidade estritamente militar, e ao vermos o treinamento dos integrantes do Eixo, percebe-se claramente que estamos nos referindo ao líder do grupo, é o 1º personagem o qual é introduzido aos espectadores, é extremamente rígido e as vezes até cruel em seus treinamentos, está sempre preocupado com a limpeza e organização de tudo a um nível até metódico, um amante de salsichas alemãs e batatas e como estereótipo alemão, deve-se levar em conta de que estamos nos referindo ao loiro, alto, branquelo de olhos azuis do anime. Sua relação com o Itália é de uma amizade gigantesca, por mais que ocorram alguns desentendimento em função das personalidades completamente opostas, no entanto, o laço entre os dois é fortíssimo, se tem alguém para quem o Itália é capaz de fazer alguma coisa, é para o Alemanha por tê-lo acolhido numa hora ruim para ambos. Na versão japonesa sua voz é feita por Hiroki Yasumoto e por Patrick Seitz na americana. Diz-se que o nome do Alemanha é Ludwig, sem sobrenome divulgado.

Japão:
Este é o último dos protagonistas, depois dele só falarei dos países das forças aliadas por serem os únicos dos não protagonistas a terem alguma relevância na série. Não só é o menos presente dos personagens principais, como também foi o último deles a ser introduzido na história, o que me surpreendeu um pouco, achei que por o anime ser de origem japonesa (claro), ao Japão seria dado um enfoque maior. O Japão nos é apresentado como um personagem de poucas palavras por ser extremamente tímido em relação aos outros, sendo o segundo personagem mais tímido do anime (onde o Canadá leva o título com muita honra), sendo naturalmente calado, o choque cultural com os seus aliados do mundo ocidental (Alemanha e Itália), só contribui para que ele seja ainda mais retraído. O Japão é sempre retratado como trabalhador e esforçado, nunca deixando seus amigos na mão quando necessitam dele (bem diferente do Itália), quando lhe é dirigida a palavra, suas respostas são sempre muito vagas em função de sua timidez, ainda assim, pode se dizer que é um dos personagens mais educados do desenho, com exceção do episódio em que o China está falando do Japão como seu irmãozinho menor, onde quando eles se encontram pela primeira vez, o Japão é muito duro com suas palavras.
Na versão japonesa sua voz é feita por Hiroki Takahashi e por Christopher Bevins. Seu nome humano é Kiku Honda


América:
Será o primeiro das forças aliadas a ser citado não por ser o principal, apenas por ordem alfabética. Como acabei de dizer, ele é um personagem pertencente ás forças aliadas, os rivais dos países do Eixo durante a 2ª guerra, mas fora desse período, está constantemente conversando e saindo com o Japão. O América se considera o líder das forças aliadas, no entanto, devido a desorganização das forças aliadas, até é uma boa pergunta se EXISTE um líder, é extremamente egocêntrico achando que tudo se resume a ele e possui uma dieta nada saudável a base de fast-food (chegando a gerar um episódio sobre isso), o que apesar de não ser muito nutritivo não afeta a força absurda que ele possui, o que chegou a assustar e impressionar o Inglaterra quando se conheceram. Está sempre usando um casaco de aviador por cima da roupa de militar e com um óculos, possui uma semelhança física absurda com o Canadá, mas a diferença de personalidade de ambos também é enorme. O América pode facilmente com o Itália como o personagem mais BURRO do anime, pois seu ego muitas vezes o cega. Na versão japonesa quem lhe dá voz é Katsuyuki Konishi e Eric Vale na americana. Seu nome humano é Alfred F. Jones (a partir daqui não sei mais os nomes dos personagens)

China:
Diria eu, o personagem menos explorado dentre o foco principal da anime, fazendo pouquíssimas aparições e não muita coisa nelas a menos que a ele seja designado alguma tarefa, pois sempre as cumpre com perfeição e um sorriso o rosto, é lembrado por ser uma das (senão a mais) antigas nações presentes nas forças aliadas, possui um cabelo comprido (o que me deixou na dúvida se era homem ou mulher até metade do anime, mesmo não tendo atitudes femininas). Sobre a execução de tarefas, pode ser dado como um exemplo a cena em que o América fala pro China enfrentar os 3 países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão), um munido com uma pistola e o outro como uma katana (Já dá pra imaginar quem era o desarmado do eixo né?) sozinho apenas com uma panela e ele consegue sem a menor dificuldade, e essa cena se repete umas 3 vezes, mostrando sua eficiência. É considerado o irmão mais velho do Japão, apesar de terem uma relação pequena e uma rivalidade grande. Está sempre construindo pequenas China Towns nos lugares mais inusitados, como em uma ilha deserta e na sala de conferência dos países aliados (não me pergunte como), referência a essa tendência do povo chinês que fazem inúmeras pequenas vilas em diversos lugares. Na versão japonesa quem lhe forneçe a voz é Yuki Kaida e Clarine Harp na americana.

França:
Eis o personagem que mais me fez rir durante o anime inteiro. O França é o país que podemos dizer, estranho em seu comportamento, tem toda aquela pinta de galã e fama de um ótimo cozinheiro. O França possui uma relação de amor e ódio com o Inglaterra, onde ambos vivem discutindo, muitas vezes acabam brigando, mas quando necessário, contam um com o outro. Juntamente com o Rússia, é um dos 2 personagens que não utilizam de um figurino militar dentro do círculo principal de personagens. Sua personalidade de galanteador e conquistador é bem contraditória muitas vezes, pois apesar de viver referindo-se a si mesmo como um grande amante e românico, o único que recebe palavras carinhosas em alguns poucos (ainda bem que poucos) momentos por parte do França, é o próprio Inglaterra, que não aceita com muita calma nesses poucos momentos, fazendo um escândalo e afirmando que o França não é muito normal, como por exemplo no episódio em que o França pede o Inglaterra em casamento, ou outro em que tenta tirar sua roupa (felizmente foi interrompido pelo Suíça, pois aparentemente O Inglaterra não tem força pra se soltar do França). Por ter um comportamento e aparência um pouco femininas (a barba até disfarça um pouco), tem um episódio em que os criadores se utilizam disso pra uma piada em que o Itália falando com o Alemanha no telefone diz que: "eu fui dar em cima de uma garota e acabou que era o França, me ajude". Sua voz japonesa é feita por Masaya Onosaka e por J. Michael Tatum na americana.

Inglaterra (ou Reino Unido) :
Bom, esse eu considero um personagem difícil de se argumentar, por ser o personagem mais realista e sério do anime, com algumas exceções que o tiram da normalidade (um "rival" talvez). Este, é o personagem mais pontual como digno de qualquer inglês, tanto que em um dos episódios, o América chega cedo na sala de conferências (sendo que ele é sempre o último a chegar) e já se imagina contando vantagem para os outros por pontualidade, no entanto, essa expectativa acaba quando ele descobre que o Inglaterra já estava lá a tempo o suficiente pra quase terminar os desenhos e esquemas no quadro, coisa que todos se perguntavam em silêncio quem os fazia. Essa característica de horário é algo que o Inglaterra possui em comum com o Alemanha. Por sua pontualidade e organização, ele é o que se aproxima mais de líder dos países aliados, sempre com uma estratégia e coordenando os ataques, o América apenas os coloca em prática. Por estarmos falando do Inglaterra, é claro que estamos nos referindo a um apreciador de chás (sempre com o seu em mãos) no entanto, um péssimo cozinheiro; sua culinária é considerada unanimemente pelos personagens como a PIOR dentre os países europeus, o que lhe rende sérias frustrações. Apesar de um homem sério, ele constantemente se irrita com os outros personagens, em um caso até planejou a morte do América por meio de bruxaria (algo por ele praticado), no entanto, quando não provocado, é um homem muito decente. Algo que vale citar no Inglaterra, são suas sobrancelhas estranhas, o que já serve de fator para taxá-lo de personagem mais feio do anime. sua voz japonesa é feita por Noriaki Sugiyama e na americana por Scott Freeman.

Rússia:
Um personagem na maior parte do tempo, de uma natureza calma e diria até inocente, inocência que frustrou por 3 vezes os planos do Inglaterra de matar o América, está sempre sorrindo e possui uma voz calma a maior parte do tempo, juntamente com o França, ele é um dos 2 personagens do círculo principal a não utilizar figurino de caráter militar. Apesar de sua natureza aparentemente calma, as vezes ele age como se fosse um demônio falando, o que nos dá a entender que possui um potencial obscuro, o que provavelmente foi o que ajudou-lhe a não morrer no lugar do América. Esse seu lado sinistro não demonstrado claramente ao telespectador, parece que já foi presenciado aos 3 países bálticos (Estônia, Letônia e Lituânia), o quais tem um medo gigantesco do Rússia, mas o admiram em alguns momentos. O Rússia possui duas irmãs: Ucrânia e Bielorrússia, as quais ele trata com todo o carinho do mundo, no entanto, a Ucrânia ao pensar estar abusando de seu irmão, o deixou e a Bielorrússia é a única personagem do anime a causar medo no Seu irmão, sempre com uma ideia paranóica de união de ambos e pedindo o nosso amante de vodca em casamento. Na versão japonesa, sua voz é feita por Yasuhiro Takato e por Jerry Jewell na americana.

O personagens que citei são apenas os principais, pois seria inviável falar sobre todos eles devido ao número gigantesco de personagens, como por exemplo não posso falar do meu favorito (Suíça).

Hetalia: Axis Powers: Paint it, White
Foi criado um longa metragem para Hetalia com o nome de Hetalia: Axis Powers: Paint it, White, que se traata de aliens invadindo a terra e 8 irão enfrentá-los.



Gakuen Hetalia Portable
Também houve um jogo lançado para os portáteis DS e PSP, trata-se apenas de um simulador de relacionamentos e se passa em uma universidade, colocando pela primeira vez outro protagonista, não sendo o Itália, uma personagem nova que é a Seychelles, um país africano.

No trailer percebe-se que os personagens presentes no jogo são os 8 do círculo principal (do Eixo e os Aliados) e outros como Áustria, Bulgária, Liechtenstein, Suíça, Grécia e Canadá (por algum motivo eu adoro a música do trailer)

Bom, como veredito final eu digo que: Hetalia é considarado por muitos um anime infantil ou feminino, o que eu considero completamente errado, apenas é uma comédia non-sense não apelativa pra sexo ou sangue, se você lendo essa análise gosta de histórias envolvendo países e gosta de rir um pouco não querendo gastar muito tempo, eu recomendo e muito. Obrigado pela atenção.
FenixMarine


Última edição por FenixMarine em Dom Maio 05, 2013 2:00 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
avatarTAKA.Helio
Admin

Admin

Animes Preferidos :
  • Naruto
  • Full Metal Alchmist
  • Hunter x Hunter
  • Deadman Wonderland
  • Fate/Zero

Trofeus : :100 /:100 /:100 /
Mensagens : 362
Pontos : 1000000515
Ninja Helper Level : 25
Data de inscrição : 18/03/2012

MensagemAssunto: Re: Análise - Hetalia: Axis Powers   Dom Maio 05, 2013 6:12 am

Análise perfeita do começo ao fim, você tem futuro como escritor, cara
+Rep, grande trabalho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
FenixMarine
Moderador

Moderador

Animes Preferidos :
  • Dragon Ball
  • Cavaleiro dos Zoodiaco

Trofeus : :0 /:0 /:0 /
Mensagens : 4
Pontos : 11
Ninja Helper Level : 1
Data de inscrição : 26/04/2013

MensagemAssunto: Re: Análise - Hetalia: Axis Powers   Dom Maio 05, 2013 1:50 pm

Obrigado cara
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Análise - Hetalia: Axis Powers   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Análise - Hetalia: Axis Powers

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TeK Animes :: Notícias-